||SEGUIDORES!||

terça-feira, 21 de julho de 2009

EDUCAÇÃO E MAIS!

:::CURSOS GRATUITOS ONLINE (DISTÂNCIA):::


  • :::MUNDO TIGRE - EAD:::

Profissionais de Vendas

Profissionais da Obra

Profissionais Técnicos


  • :::COLETIVO COCA-COLA - EAD:::
  • coletivo Coca-Cola
URL: /www.coletivococacola.com.br

ESTA COMUNIDADE DESTINA-SE AOS FÃS DE UM BRASIL MELHOR, AOS ALUNOS E AOS ADMIRADORES(as) DO PROJETO EDUCA BAHIA.
OBS: DENTRO E FORA DA BAHIA!


AULA VIA WEB E/OU AULA VIA TV - GRATIS/0800/9090 E INJEÇÃO.
PARTICIPE VC, TBM!
EDUCA BAHIA TV E WEB AULA.

URL: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=66158553



  • TVE - EDUCADORA/CULTURA - 107,5 (Bahia)


Atualmente, compõe o Programa Multicultura na Rádio Educadora FM(Bahia) 
Carlos Barros(cantor, compositor, historiador e pesquisador), :::Jaime Sodré::: (historiadorescritor, doutorando em História Social, PhD em História da Cultura Negra e professor).

Carlos Barros, Jaime Sodré - (Programa Multicultura).

*Presidente da Fundação Pedro Calmon, Ubiratan Castro* - [(in memoriam)]
FALANDO DA BAHIA - COM O HISTORIADOR UBIRATAN CASTRO DE ARAÚJO - TODA SEGUNDA AO MEIO DIA, NO MULTICULTURA EDUCADORA FM-107,5
ou Visite o site da Rádio: www.educadora.ba.gov.br

Acesse pelo seu navegador: mms://media.educadora.ba.gov.br/irdeb

Portal suíço da Educação: http://educa.ch/dyn/14.asp
Instituto Brasil Leitor

Os princípios de orientação geral do Instituto Brasil Leitor estão bem claros no estatuto: "desenvolver projetos apoiados nas instituições de massa, em especial a escola, para expandir o uso e a familiaridade com os livros, jornais, revistas e computadores entre jovens, crianças, famílias e professores, em especial os das grandes periferias, abandonadas à barbárie da urbanização selvagem".




MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA Acesse: www.museudalinguaportuguesa.org.br

LIVROS GRATUITOS EM PDF - PORTAL TERRA!


Por que tenho que ler o livro eletrônico no formato Adobe Acrobat Reader?

No mundo das letras, não há um formato padrão para os livros eletrônicos, existem vários formatos, os mais conhecidos são: Adobe Acrobat Reader, Microsoft Reader. São programas grátis e de fácil manuseio.



O Acrobat Reader é um software gratuito para leitura de livros eletrônicos e impressão de textos em formato PDF para PCs e laptop.


  • LIVROS (PDF) 
LIVROS EM PDF
Leitores e estudantes, aproveitem essa oportunidade criada pelo Governo Federal...
305 Livros grátis
É só clicar no título para ler ou imprimir.

1. A Divina Comédia -Dante Alighieri
2.
A Comédia dos Erros -William Shakespeare
3.
Poemas de Fernando Pessoa -Fernando Pessoa
4.
Dom Casmurro -Machado de Assis
5.
Cancioneiro -Fernando Pessoa
6.
Romeu e Julieta -William Shakespeare
7.
A Cartomante -Machado de Assis
8.
Mensagem -Fernando Pessoa
9.
A Carteira -Machado de Assis
10.
A Megera Domada -William Shakespeare
11.
A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca -William Shakespeare
12.
Sonho de Uma Noite de Verão -William Shakespeare
13.
O Eu profundo e os outros Eus. -Fernando Pessoa
14.
Dom Casmurro -Machado de Assis
15..
Do Livro do Desassossego -Fernando Pessoa
16.
Poesias Inéditas -Fernando Pessoa
17.
Tudo Bem Quando Termina Bem -William Shakespeare
18.
A Carta -Pero Vaz de Caminha
19.
A Igreja do Diabo -Machado de Assis
20.
Macbeth -William Shakespeare
21.
Este mundo da injustiça globalizada -José Saramago
22.
A Tempestade -William Shakespeare
23.
O pastor amoroso -Fernando Pessoa
24.
A Cidade e as Serras -José Maria Eça de Queirós
25.
Livro do Desassossego -Fernando Pessoa
26.
A Carta de Pero Vaz de Caminha -Pero Vaz de Caminha
27.
O Guardador de Rebanhos -Fernando Pessoa
28.
O Mercador de Veneza -William Shakespeare
29.
A Esfinge sem Segredo -Oscar Wilde
30.
Trabalhos de Amor Perdidos -William Shakespeare
31.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
32.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
33.
Arte Poética -Aristóteles
34.
Conto de Inverno -William Shakespeare
35.
Otelo, O Mouro de Veneza -William Shakespeare
36.
Antônio e Cleópatra -William Shakespeare
37.
Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões
38.
A Metamorfose -Franz Kafka
39.
A Cartomante -Machado de Assis
40.
Rei Lear -William Shakespeare
41.
A Causa Secreta -Machado de Assis
42.
Poemas Traduzidos -Fernando Pessoa
43.
Muito Barulho Por Nada -William Shakespeare
44.
Júlio César -William Shakespeare
45.
Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente
46.
Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa
47.
Cancioneiro -Fernando Pessoa
48.
Catálogo de Autores Brasileiros com a Obra em Domínio Público -Fundação Biblioteca Nacional
49.
A Ela -Machado de Assis
50.
O Banqueiro Anarquista -Fernando Pessoa
51.
Dom Casmurro -Machado de Assis
52.
A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho
53.
Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa
54.
Adão e Eva -Machado de Assis
55.
A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo
56.
A Chinela Turca -Machado de Assis
57.
As Alegres Senhoras de Windsor -William Shakespeare
58.
Poemas Selecionados -Florbela Espanca
59.
As Vítimas-Algozes -Joaquim Manuel de Macedo
60.
Iracema -José de Alencar
61.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
62.
Ricardo III -William Shakespeare
63.
O Alienista -Machado de Assis
64.
Poemas Inconjuntos -Fernando Pessoa
65.
A Volta ao Mundo em 80 Dias -Júlio Verne
66.
A Carteira -Machado de Assis
67.
Primeiro Fausto -Fernando Pessoa
68.
Senhora -José de Alencar
69.
A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães
70.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
71.
A Mensageira das Violetas -Florbela Espanca
72.
Sonetos -Luís Vaz de Camões
73.
Eu e Outras Poesias -Augusto dos Anjos
74.
Fausto -Johann Wolfgang von Goethe
75.
Iracema -José de Alencar
76.
Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa
77.
Os Maias -José Maria Eça de Queirós
78.
O Guarani -José de Alencar
79.
A Mulher de Preto -Machado de Assis
80.
A Desobediência Civil -Henry David Thoreau
81.
A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio
82.
A Pianista -Machado de Assis
83.
Poemas em Inglês -Fernando Pessoa
84.
A Igreja do Diabo -Machado de Assis
85.
A Herança -Machado de Assis
86.
A chave -Machado de Assis
87.
Eu -Augusto dos Anjos
88.
As Primaveras -Casimiro de Abreu
89.
A Desejada das Gentes -Machado de Assis
90.
Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa
91.
Quincas Borba -Machado de Assis
92.
A Segunda Vida -Machado de Assis
93.
Os Sertões -Euclides da Cunha
94.
Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa
95.
O Alienista -Machado de Assis
96.
Don Quixote. Vol. 1 -Miguel de Cervantes Saavedra
97.
Medida Por Medida -William Shakespeare
98.
Os Dois Cavalheiros de Verona -William Shakespeare
99.
A Alma do Lázaro -José de Alencar
100.
A Vida Eterna -Machado de Assis
101.
A Causa Secreta -Machado de Assis
102.
14 de Julho na Roça -Raul Pompéia
103.
Divina Comedia -Dante Alighieri
104.
O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós
105.
Coriolano -William Shakespeare
106.
Astúcias de Marido -Machado de Assis
107.
Senhora -José de Alencar
108.
Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente
109.
Noite na Taverna -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
110.
Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis
111.
A 'Não-me-toques' ! -Artur Azevedo
112.
Os Maias -José Maria Eça de Queirós
113.
Obras Seletas -Rui Barbosa
114.
A Mão e a Luva -Machado de Assis
115.
Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
116.
Aurora sem Dia -Machado de Assis
117.
Édipo-Rei -Sófocles
118.
O Abolicionismo -Joaquim Nabuco
119.
Pai Contra Mãe -Machado de Assis
120.
O Cortiço -Aluísio de Azevedo
121.
Tito Andrônico -William Shakespeare
122.
Adão e Eva -Machado de Assis
123.
Os Sertões -Euclides da Cunha
124.
Esaú e Jacó -Machado de Assis
125.
Don Quixote -Miguel de Cervantes
126.
Camões -Joaquim Nabuco
127.
Antes que Cases -Machado de Assis
128.
A melhor das noivas -Machado de Assis
129.
Livro de Mágoas -Florbela Espanca
130.
O Cortiço -Aluísio de Azevedo
131.
A Relíquia -José Maria Eça de Queirós
132.
Helena -Machado de Assis
133.
Contos -José Maria Eça de Queirós
134.
A Sereníssima República -Machado de Assis
135.
Iliada -Homero
136.
Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco
137.
A Brasileira de Prazins -Camilo Castelo Branco
138.
Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões
139.
Sonetos e Outros Poemas -Manuel Maria de Barbosa du Bocage
140.
Ficções do interlúdio: para além do outro oceano de Coelho Pacheco. -Fernando Pessoa
141.
Anedota Pecuniária -Machado de Assis
142.
A Carne -Júlio Ribeiro
143.
O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós
144.
Don Quijote -Miguel de Cervantes
145.
A Volta ao Mundo em Oitenta Dias -Júlio Verne
146.
A Semana -Machado de Assis
147.
A viúva Sobral -Machado de Assis
148.
A Princesa de Babilônia -Voltaire
149.
O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves
150.
Catálogo de Publicações da Biblioteca Nacional -Fundação Biblioteca Nacional
151.
Papéis Avulsos -Machado de Assis
152.
Eterna Mágoa -Augusto dos Anjos
153.
Cartas D'Amor -José Maria Eça de Queirós
154.
O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós
155.
Anedota do Cabriolet -Machado de Assis
156.
Canção do Exílio -Antônio Gonçalves Dias
157.
A Desejada das Gentes -Machado de Assis
158.
A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho
159.
Don Quixote. Vol. 2 -Miguel de Cervantes Saavedra
160.
Almas Agradecidas -Machado de Assis
161.
Cartas D'Amor - O Efêmero Feminino -José Maria Eça de Queirós
162.
Contos Fluminenses -Machado de Assis
163.
Odisséia -Homero
164.
Quincas Borba -Machado de Assis
165.
A Mulher de Preto -Machado de Assis
166.
Balas de Estalo -Machado de Assis
167.
A Senhora do Galvão -Machado de Assis
168.
O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós
169.
A Inglezinha Barcelos -Machado de Assis
170.
Capítulos de História Colonial (1500-1800) -João Capistrano de Abreu
171.
CHARNECA EM FLOR -Florbela Espanca
172.
Cinco Minutos -José de Alencar
173.
Memórias de um Sargento de Milícias -Manuel Antônio de Almeida
174.
Lucíola -José de Alencar
175.
A Parasita Azul -Machado de Assis
176.
A Viuvinha -José de Alencar
177.
Utopia -Thomas Morus
178.
Missa do Galo -Machado de Assis
179.
Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves
180.
História da Literatura Brasileira: Fatores da Literatura Brasileira -Sílvio Romero
181.
Hamlet -William Shakespeare
182.
A Ama-Seca -Artur Azevedo
183.
O Espelho -Machado de Assis
184.
Helena -Machado de Assis
185.
As Academias de Sião -Machado de Assis
186.
A Carne -Júlio Ribeiro
187.
A Ilustre Casa de Ramires -José Maria Eça de Queirós
188.
Como e Por Que Sou Romancista -José de Alencar
189.
Antes da Missa -Machado de Assis
190.
A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio
191.
A Carta -Pero Vaz de Caminha
192.
LIVRO DE SÓROR SAUDADE -Florbela Espanca
193.
A mulher Pálida -Machado de Assis
194.
Americanas -Machado de Assis
195.
Cândido -Voltaire
196.
Viagens de Gulliver -Jonathan Swift
197.
El Arte de la Guerra -Sun Tzu
198.
Conto de Escola -Machado de Assis
199.
Redondilhas -Luís Vaz de Camões
200.
Iluminuras -Arthur Rimbaud
201.
Schopenhauer -Thomas Mann
202.
Carolina -Casimiro de Abreu
203.
A esfinge sem segredo -Oscar Wilde
204.
Carta de Pero Vaz de Caminha. -Pero Vaz de Caminha
205.
Memorial de Aires -Machado de Assis
206.
Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto
207.
A última receita -Machado de Assis
208.
7 Canções -Salomão Rovedo
209.
Antologia -Antero de Quental
210.
O Alienista -Machado de Assis
211.
Outras Poesias -Augusto dos Anjos
212.
Alma Inquieta -Olavo Bilac
213.
A Dança dos Ossos -Bernardo Guimarães
214.
A Semana -Machado de Assis
215.
Diário Íntimo -Afonso Henriques de Lima Barreto
216.
A Casadinha de Fresco -Artur Azevedo
217.
Esaú e Jacó -Machado de Assis
218.
Canções e Elegias -Luís Vaz de Camões
219.
História da Literatura Brasileira -José Veríssimo Dias de Matos
220.
A mágoa do Infeliz Cosme -Machado de Assis
221.
Seleção de Obras Poéticas -Gregório de Matos
222.
Contos de Lima Barreto -Afonso Henriques de Lima Barreto
223.
Farsa de Inês Pereira -Gil Vicente
224.
A Condessa Vésper -Aluísio de Azevedo
225.
Confissões de uma Viúva -Machado de Assis
226.
As Bodas de Luís Duarte -Machado de Assis
227.
O LIVRO D'ELE -Florbela Espanca
228.
O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves
229.
A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo
230.
Lira dos Vinte Anos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
231.
A Orgia dos Duendes -Bernardo Guimarães
232.
Kamasutra -Mallanâga Vâtsyâyana
233.
Triste Fim de Policarpo Quaresma -Afonso Henriques de Lima Barreto
234.
A Bela Madame Vargas -João do Rio
235.
Uma Estação no Inferno -Arthur Rimbaud
236.
Cinco Mulheres -Machado de Assis
237.
A Confissão de Lúcio -Mário de Sá-Carneiro
238.
O Cortiço -Aluísio Azevedo
239.
RELIQUIAE -Florbela Espanca
240.
Minha formação -Joaquim Nabuco
241.
A Conselho do Marido -Artur Azevedo
242.
Auto da Alma -Gil Vicente
243.
345 -Artur Azevedo
244.
O Dicionário -Machado de Assis
245.
Contos Gauchescos -João Simões Lopes Neto
246..
A idéia do Ezequiel Maia -Machado de Assis
247.
AMOR COM AMOR SE PAGA -França Júnior
248.
Cinco minutos -José de Alencar
249.
Lucíola -José de Alencar
250.
Aos Vinte Anos -Aluísio de Azevedo
251.
A Poesia Interminável -João da Cruz e Sousa
252.
A Alegria da Revolução -Ken Knab
253.
O Ateneu -Raul Pompéia
254.
O Homem que Sabia Javanês e Outros Contos -Afonso Henriques de Lima Barreto
255.
Ayres e Vergueiro -Machado de Assis
256.
A Campanha Abolicionista -José Carlos do Patrocínio
257.
Noite de Almirante -Machado de Assis
258.
O Sertanejo -José de Alencar
259.
A Conquista -Coelho Neto
260.
Casa Velha -Machado de Assis
261.
O Enfermeiro -Machado de Assis
262.
O Livro de Cesário Verde -José Joaquim Cesário Verde
263.
Casa de Pensão -Aluísio de Azevedo
264.
A Luneta Mágica -Joaquim Manuel de Macedo
265.
Poemas -Safo
266.
A Viuvinha -José de Alencar
267.
Coisas que Só Eu Sei -Camilo Castelo Branco
268.
Contos para Velhos -Olavo Bilac
269.
Ulysses -James Joyce
270.
13 Oktobro 1582 -Luiz Ferreira Portella Filho
271.
Cícero -Plutarco
272.
Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves
273.
Confissões de uma Viúva Moça -Machado de Assis
274.
As Religiões no Rio -João do Rio
275.
Várias Histórias -Machado de Assis
276.
A Arrábida -Vania Ribas Ulbricht
277.
Bons Dias -Machado de Assis
278.
O Elixir da Longa Vida -Honoré de Balzac
279.
A Capital Federal -Artur Azevedo
280.
A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães
281.
As Forças Caudinas -Machado de Assis
282.
Coração, Cabeça e Estômago -Camilo Castelo Branco
283.
Balas de Estalo -Machado de Assis
284.
AS VIAGENS -Olavo Bilac
285.
Antigonas -Sofócles
286.
A Dívida -Artur Azevedo
287.
Sermão da Sexagésima -Pe. Antônio Vieira
288.
Uns Braços -Machado de Assis
289.
Ubirajara -José de Alencar
290.
Poética -Aristóteles
291.
Bom Crioulo -Adolfo Ferreira Caminha
292.
A Cruz Mutilada -Vania Ribas Ulbricht
293.
Antes da Rocha Tapéia -Machado de Assis
294.
Poemas Irônicos, Venenosos e Sarcásticos -Manuel Antônio Álvares de Azevedo
295.
Histórias da Meia-Noite -Machado de Assis
296.
Via-Láctea -Olavo Bilac
297.
O Mulato -Aluísio de Azevedo
298.
O Primo Basílio - José Maria Eça de Queirós
299.
Os Escravos -Antônio Frederico de Castro Alves
300.
A Pata da Gazela -José de Alencar
301.
BRÁS, BEXIGA E BARRA FUNDA -Alcântara Machado
302.
Vozes d'África -Antônio Frederico de Castro Alves
303..
Memórias de um Sargento de Milícias -Manuel Antônio de Almeida
304.
O que é o Casamento? -José de Alencar
305.
A Harpa do Crente -Vania Ribas Ulbricht 
GENTE BOA, BOA LEITURA!
Uma bela biblioteca digital, desenvolvida em software livre, mas que está prestes a ser desativada por falta de acessos. Imaginem um lugar onde você pode gratuitamente:
·Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;
· escutar músicas em MP3 de alta qualidade;
· Ler obras de Machado de Assis
Ou a Divina Comédia;
· ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV ESCOLA e muito mais...

O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso,basta acessar o site: www.dominiopublico.gov.br
Só de literatura portuguesa são 732 obras!
 
Estamos quase a ponto de perder este acervo magno, porque é possível o desativar do projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos mudar este quadro e tentar reverter esta situação, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do bom gosto pela leitura.
          Aprendizado requer mudança de comportamento, se você não muda, não aprendeu nada." (L.Botelho)
CORPO DE BRAILE / Odelita Figueiredo


Este livro conta a história de uma mulher cega que viveu há mais de cinquenta anos numa fazenda do interior da Bahia, e que teve uma vida que eu não diria promíscua, mas que se relacionou com vários homens desde que houvesse algum interessante de sua parte.
Vivenciou muitos momentos difíceis em sua trajetória, mas não se deixou abater. Com coragem e inteligência, soube superar todas as dificuldades. É claro que a sorte também esteve ao seu lado. Apesar de ter levado uma vida despreocupada de atender às regras de uma moral determinada, tinha também uma personalidade forte e não se submeteu a um tipo de vida imposto por outras pessoas, somente por ser deficiente visual.
Mais:
http://www.scortecci.com.br/lermais_materias.php?cd_materias=4387

Obra: Machado de Assis está disponível na internet

Ministério da Educação está disponibilizando a obra completa de Machado de Assis em formato digital. São 246 arquivos, que incluem livros como “Dom Casmurro”, “Memórias póstumas de Brás Cubas”, “Quincas Borba” e “Esaú e Jacó”.

O lançamento fez parte da abertura da exposição sobre o autor na Biblioteca Nacional, em homenagem ao centenário de sua morte, na última segunda-feira (29/09/2008).
O endereço do site é o site do MEC.
A versão digital das obras é resultado de uma parceria entre o Portal Domínio Público, do MEC, e o Núcleo de Pesquisa e Informática, Literatura e Lingüística (Nupill) da Universidade Federal de Santa Catarina.

O endereço do site é o site do MEC.
http://portal.mec.gov.br/machado



PROMOÇÃO DOS LIVROS EM PDF - FUNDAÇÃO PALMARES
BAIXE LEGALMENTE - PUBLICAÇÕES EDITADAS PELA FCP - 2003/2008
FONTE:
www.palmares.gov.br/005/00502001.jsp?ttCD_CHAVE=36


O Negro no Rio Grande do Sul. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional/IPHAN e a Fundação Cultural Palmares/FCP, ambas insituições do Ministério da Cultura, uniram seus esforços para a produção desta cartilha, com a participação ativa da comunidade negra, para a distribuição da ação histórica e cultural dos negros gaúchos na construção do Brasil.
Organização: Andréia da Silva Quintanilha Sousa
Instituição parceira: IPHAN/RS 12rs@iphan.gov.br
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/onegronors.pdf


Os Orixás do Abdias, Pinturas e Poesia de Abdias Nascimento. Os orixás dessas telas resultam das reflexões e aventuras do espírito de Abdias Nascimento no rastro de um problema que, para ele mais do que uma questão artística ou acadêmica é uma exigência vital.
Organizadora: Elisa Larkin Nascimento
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/orixasabdias.pdf


Ações Afirmativas: Este é o caminho. Trata com humor refinado - mas sem escapar à seriedade do tema - a questão das cotas nas universidades brasileiras, além da questão do racismo cotidano muitas vezes despercebido.
Organização: Maurício Pestana
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/cartilhapestana.pdf


OKU ABO ESPAÇO SAGRADO - Oku Abo significa "bem-vindo", termo do povo africano de língua iorubá. O terreiro de candomblé Ilê Omiojuaro tem, com isso, a intenção de saudar o resgate da consciência ancestral das religiões afro-brasileiras por meio da educação ambiental dirigida a essas tradições religiosas.
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/pub-cartilhaoku.pdf


Os Orixás Dançam no Planalto Central - Nas pranchetas em que Brasília foi concebida não havia lugar para os Orixás. Afinal, o materialismo, ou funcionalismo e o futurismo não combinavam com encanto e magia. O Brasil Central haveria de ser ocupado pelas maravilhas do progresso, pelo aço e pelo concreto armado. Os geniais arquitetos nem ousavam suspeitar que Ogum e Nanã estavam nestes elementos.
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/pub-orixas.pdf


Seleta Número 02 - O que é o Movimento Hip Hop? Seria apenas mais um modismo, ou ainda uma expressão de rebeldia juvenil? Como entender este novo repertório de saberes, fazeres e viveres praticados por jovens negros habitantes das periferias das metrópoles ocidentais? Uma das formas de criar uma interlocução afirmativa com rappers, grafiteiros, djs e outros manos e minas é abrir o espaço da Revista para que eles se manifestem. Nesta secção, apresentamos as idéias de três intelectuais negros que vivenciam intensamente este movimento, que são a socióloga Ana Lúcia Souza, o professor de literatura e poeta Nelson Maca, o antropólogo Waldemir Rosa. Deixemos que repercutam em nossas cabeças as palavras que cortam, as imagens e os sons que sobressaltam, os corpos em movimento que estonteiam.
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/seleta2.pdf


A Fundação Cultural Palmares, através deste trabalho, fruto de uma criteriosa pesquisa, intitulado - "ONDE ESTÁ O NEGRO NA TV PÚBLICA?" visa, essencialmente, dar a sua parcela de contribuição para esta vital discussão que é a democratização da comunicação no Brasil, em particular das Tvs Públicas. Pretendemos, também, proporcionar uma reflexão mais profunda sobre os conteúdos atuais e futuros deste importante veículo de comunicação, que é a televisão.
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/download/pesqtv.pdf


Iansã: Iansã é um Orixá feminino muito famoso, sendo uma das mais populares figuras entre os mitos do Candomblé no Brasil, em Portugal e em África, onde é predominantemente cultuada sob o nome de Oyá. Para apresentar mais detalhes sobre a história desta importante orixá, a FCP/MinC lança esta cartilha ilustrada falando sobre a orixá, através de belas ilustrações e conta a história de Iansã com uma narrativa criativa e atual.
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/iansaweb.pdf


A Grande Refazenda: Idealizada pela Fundação Palmares/Ministério da Cultura, A Grande Refazenda - África e Diáspora Pós II CIAD reúne o olhar de intelectuais e protagonistas do processo de afirmação étnica brasileira sobre as conseqüências trazidas pela Conferência e o CIAD CULTURAL, na construção da democracia racial brasileira e na inter-relação do Brasil com a África e os demais países diásporos.
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/refazenda.pdf


MERCEDES BAPTISTA: A Criação da Identidade Negra na Dança

O livro, de Paulo Melgaço da Silva Júnior, relata a biografia de Mercedes Baptista, um ícone da dança negra. Com a vida de Mercedes, é contado também o desenvolvimento da dança negra no Brasil.
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/mercedesbaptista.pdf


O NEGRO NA UNIVERSIDADE

Em abril de 2004, a Universidade Estadual de Londrina realizou o seminário"O Negro na Universidade: O Direito à Inclusão", que foi o resultado da parceria entre a Fundação Cultural Palmares, a Secretaria Muncipal de Cultura de Londrina, o Movimento Negro e a Universidade Estadual de Londrina. Este foi um importante evento no processo de discussão, iniciado em 2002, que envolveu a comunidade acadêmica e a sociedade civil culminando com a implantação do sistema de cotas na Instituição. A importância do Seminário que resultou na implantação das cotas na UEL e a qualidade das comunicações ali apresentadas, motivaram a publicação dos resultados do Evento com o apoio da Fundação Cultural Palmares e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UEL.
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/onegronauniver.pdf


ROTA EXISTENCIAL
BAIXE E LEIA:
http://www.palmares.gov.br/_temp/sites/000/2/publicacoes/mercedesbaptista.pdf

Unesp lança curso on-line gratuito de redação científica

(Universidade Estadual Paulista) oferece, pela internet, um curso gratuito e aberto de redação científica. Dividido em quatro módulos, é coordenado pelo professor Gilson Volpato, do IB (Instituto de Biociências), de Botucatu (SP). A iniciativa proporciona a programas de pós-graduação conteúdo destinado à formação de mestres e doutores.
O curso é oferecido por meio de vídeos e aborda os seguintes temas: Importância das bases filosóficas; base empírica; controvérsias sobre os dados; ciência e tecnologia; por que publicar?; o que publicar?; idioma da publicação; causas de negação dos artigos; o lado educacional; como as revistas podem ajudar; como os autores podem ajudar; passos para a publicação; negar hipótese- o que fazer depois?; tipos de pesquisa; a arte da redação; texto como argumento lógico; por onde começar a redação; tipos de pesquisa X redação; e autoria.
O professor Volpato é autor de vários livros e artigos sobre metodologia, redação e publicação científicas. Ele oferece cursos presenciais, dá palestras e ministra aulas de metodologia científica na universidade.

http://propgdb.unesp.br/redacao_cientifica/index.php
* Com informações da Unesp.
CURSOS SOCIOAMBIENTAIS GRATUITOS

A seção de Cursos Gratuitos do MuSA dispõe de conteúdo teórico para aplicação prática. O objetivo é disponibilizar à população informações de qualidade que contribuam para a conscientização e transformação da realidade socioambiental do planeta.

Para realizar o curso basta se cadastrar (criar nome de usuário e senha). O estudo é autodidata, não existe o acompanhamento de um professor, mas em caso de dúvidas a equipe do MuSA pode ser contatada.

Os cursos disponibilizados atualmente são em áudio, podendo ser baixados e ouvidos de acordo com as necessidades do aluno.  

CNDA disponibiliza cursos em áudio de conteúdo socioambiental na Internet

O Conselho Nacional de Defesa Ambiental [CNDA] disponibilizou cursos gratuitos em áudio, de conteúdo socioambiental. Com a iniciativa é possível ouvir o conteúdo das capacitações no site ou baixá-los como arquivo de áudio. Os cursos podem ser acessados por meio do site do MuSa, Museu Socioambiental, projeto novo do CNDA.

O endereço é www.musa.org.br/edu/course/category.php?id=2

>>Educação a Distância Gratuita- EAD SENAR - Serviço Nacional de Aprendizagem RURAL
 
Os objetivos principais do SENAR são organizar, administrar e executar, em todo território nacional, a Formação Profissional Rural (FPR) e a Promoção Social (PS) de jovens e adultos, homens e mulheres que exerçam atividades no meio rural, assistir a entidades empregadoras na programação e elaboração de programas de treinamento no próprio emprego; estabelecer e difundir metodologias de ensino da FPR e PS; coordenar, supervisionar e fiscalizar a execução dos programas e projetos de FPR e PS e assessorar o governo federal em assuntos de FPR e PS. Acessar Link (url):
http://eadsenar.canaldoprodutor.com.br/



 :::Central de Cursos Livres Online/AVA/EaD:::

||Válido no Brasil e demais países Lusos!|| 

Ficheiro:Map-Lusophone World-en.png

Composição de bandeiras de países e regiões que falam portugês  Lusos: países, que falam em Português.

  ESCOLHA ONDE ESTUDAR ONLINE

(Cursos 24 Horas || Portal Educação || BravaCursos || Buzzero

 
 :::CURSOS ONLINE::: - CERTIFICADO EM CASA! (Países Lusos)

..::Cursos 24 Horas::..  - CNPJ 09.428.468/0001-56
..::Portal Educação::.. - CNPJ 04.670.765/0001-90 
..::Brava Cursos::.. - CNPJ/MF  10.819.790/0001-95 ..::CEDEP::.. - CNPJ: 18.182.849/0001-99 - Centro Educacional de Desenvolvimento Profissional LTDA
 
Aluno EAD é 1o lugar no ENADE
Aluno da educação a distância conquista a maior nota nacional do ENADE.

Angola
Brasil
Cabo Verde
Guiné-Bissau
 Moçambique
 Portugal
 São Tomé e Príncipe
Timor-Leste   (Após conquistar independência, foi acolhido como país integrante. Na atualidade, são oito os países integrantes da CPLP²).

(2) CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa é uma organização assinada entre países lusófonos.

Somos uma Central de Cursos à Distância (Online/AVA/EaD) - Reconhecidos e Livres.

||Válido no Brasil e demais países Lusos!||

Estamos 24h no ar e 7 dias da semana, incluindo feriados! 
Estude onde desejar!

Fonte: Central EAD

Nenhum comentário:

Postar um comentário